Conheça toda a História em um só lugar!
Mais de 850 tópicos e exercícios para você arrasar no Vestibular e no Enem.
  Cadastre-se

1. Relacione independência do Brasil e D. João VI.

00:00/00:00

- Não seria de forma alguma um equívoco defender que o Brasil tornou-se independente com a chegada de D. João VI e a instalação da corte portuguesa no Rio de Janeiro, chamada de interiorização da metrópole. D. João implantou medidas que praticamente formaram no Brasil a base de um país independente. O fim do pacto colonial com a abertura dos portos e a elevação do território à categoria de reino unido, ao lado de medidas como a criação do Banco do Brasil e a forte centralização do poder, praticamente deixaram pronta a estrutura de um Brasil autônomo e contribuíram para evitar uma indesejada fragmentação política.

2. Explique o processo de independência do Brasil.

00:00/00:00

Independência do Brasil - Pintura de René Moreaux, 1844.

- Com a Revolução do Porto e o retorno de D. João VI para Portugal, as Cortes portuguesas reunirão diversos deputados, inclusive brasileiros, para definir o futuro político do império.

 

- A historiografia tradicional defendeu a idéia de que Portugal queria recolonizar o Brasil. Porém, essa era uma idéia impraticável e, até os portugueses, reconheciam a inviabilidade desse processo. O problema principal residiu na falta de autonomia que as Cortes desejavam para o Brasil, não permitindo que ele tivesse uma constituição própria. Insatisfeitos, diversos membros da elite brasileira, entre eles José Bonifácio de Andrada, vão defender a independência do Brasil tendo como símbolo a figura de D. Pedro, que havia ficado em solo brasileiro.

 

- No início de agosto de 1822, Gonçalves Ledo lançou o Manifesto aos Povos do Brasil e José Bonifácio o Manifesto às Nações Amigas. A independência estava em curso.

 

- Portugal exigiu o retorno de Pedro, que decidiu ficar no Brasil (Dia do Fico). Voltando de uma viagem que tinha feito à São Paulo, ao ser informado de que Portugal havia enviado tropas invasoras, decidiu participar oficialmente da luta pela independência. O sete de setembro só depois foi escolhido como data símbolo desse processo.

 

 - Houve alguns conflitos, mas com a ajuda de mercenários ingleses e da elite conservadora, D. Pedro se firmou como Imperador. Não houve participação popular, e a independência teve caráter basicamente político, já que o Brasil continua até hoje sendo subordinado economicamente às nações mais poderosas.

3. O que foi a Constituição da Mandioca?

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

4. Comente a constituição brasileira de 1824.

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

5. O que foi a Confederação do Equador (1824)?

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

6. Explique a crise do Primeiro Reinado e a abdicação de D. Pedro I.

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.