Conheça toda a História em um só lugar!
Mais de 850 tópicos e exercícios para você arrasar no Vestibular e no Enem.
  Cadastre-se

Questão 1 (Mackenzie)

O governo instalado com a Revolução de 1930 distinguiu-se do Estado Oligárquico por promover:

a) o modelo liberal defendido pelo Partido Democrático, porta-voz da classe média paulista.

b) uma economia exclusivamente agro-exportadora e a descentralização das decisões econômico-financeiras.

c) as reformas preconizadas pelos Tenentes, sobretudo a partir de 1932.

d) a industrialização, tendo como suporte o aparelho do Estado, as forças armadas e a aliança entre burguesia e setores do operariado.

e) o declínio do projeto de industrialização, devido aos conflitos entre capital e trabalho não mediados pelo governo.

 
Gabarito

D

Questão 2 (Fuvest)

Na história da República brasileira, a expressão "Estado Novo" identifica:

a) o período de 1930 a 1945, em que Getúlio Vargas governou o país de forma ditatorial, só com o apoio dos militares, sem a interferência de outros poderes.

b) O período de 1950 a 1954, em que Getúlio Vargas governou com poderes ditatoriais, sem garantia dos direitos constitucionais.

c) o período de 1937 a 1945, em que Getúlio Vargas fechou o Poder Legislativo, suspendeu as liberdades civis e governou por meio de decretos-leis.

d) o período de 1945 a 1964, conhecido como o da redemocratização, quando foi restabelecida a plenitude dos poderes da República e das liberdades civis.

e) o período de 1930 a 1934, quando se afirmou o respeito aos princípios democráticos, graças à Revolução Constitucionalista de São Paulo.

 
Gabarito

C

Questão 3 (Enem)

A figura de Getúlio Vargas, como personagem histórica, é bastante polêmica, devido à complexidade e à magnitude de suas ações como presidente do Brasil durante um longo período de quinze anos (1930-1945). Foram anos de grandes e importantes mudanças para o país e para o mundo. Pode-se perceber o destaque dado a Getúlio Vargas pelo simples fato de este período ser conhecido no Brasil como a "Era Vargas".

 

Entretanto, Vargas não é visto de forma favorável por todos. Se muitos o consideram como um fervoroso nacionalista, um progressista ativo e o "Pai dos Pobres", existem outros tantos que o definem como ditador oportunista, um intervencionista e amigo das elites.

Considerando as colocações apresentadas, responda à questão seguinte, assinalando a alternativa correta:

 

Provavelmente você percebeu que as duas opiniões sobre Vargas são opostas, defendendo valores praticamente antagônicos. As diferentes interpretações do papel de uma personalidade histórica podem ser explicadas, conforme uma das opções a seguir. Assinale-a.

a) Um dos grupos está totalmente errado, uma vez que a permanência no poder depende de idéias coerentes e de uma política contínua.

b) O grupo que acusa Vargas de ser ditador está totalmente errado. Ele nunca teve uma orientação ideológica favorável aos regimes politicamente fechados e só tomou medidas duras forçado pelas circunstâncias.

c) Os dois grupos estão certos. Cada um mostra Vargas da forma que serve melhor aos seus interesses, pois ele foi um governante apático e fraco - um verdadeiro marionete nas mãos das elites da época.

d) O grupo que defende Vargas como um autêntico nacionalista está totalmente enganado. Poucas medidas nacionalizantes foram tomadas para iludir os brasileiros, devido à política populista do varguismo, e ele fazia tudo para agradar aos grupos estrangeiros.

e) Os dois grupos estão errados, por assumirem características parciais, e às vezes conjunturais, como sendo posturas definitivas e absolutas.

 
Gabarito

E

Questão 4 (Fuvest)

"Vitoriosa a revolução, abre-se uma espécie de vazio de poder por força do colapso político da burguesia do café e da incapacidade das demais frações de classe para assumí-lo, em caráter exclusivo. O Estado de compromisso é a resposta para esta situação. Embora os limites da ação do Estado sejam ampliados para além da consciência e das intenções de seus agentes, sob o impacto da crise econômica, o novo governo representa mais uma transação no interior das classes dominantes, tão bem expressa na intocabilidade sagrada das relações sociais no campo".

(Boris Fausto, A REVOLUÇÃO DE 1930: HISTORIOGRAFIA E HISTÓRIA)

 

a) Explicite o que o autor apresenta como "Estado de compromisso".

b) Qual a relação entre "O Estado de compromisso" e a "intocabilidade sagrada das relações sociais no campo"?

 
Gabarito

a) "Compromisso" entre a classe dominante, agregando setores sociais e econômicos e o proletariado urbano em torno das propostas populistas de Getúlio Vargas, para a manutenção dos 'status quo' vigente.

b) O "Estado de compromisso" não abrange o homem do campo no que concerne aos direitos trabalhistas.

Questão 5 (Unicamp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 6 (Uerj)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 7 (Unesp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 8 (Unesp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 9 (Uerj)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 10 (Unicamp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 11 (Enem)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 12 (Enem)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 13 (Unicamp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 14 (Fei)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 15 (Uerj)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 16 (Ufes)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 17 (Puccamp)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 20 (Uerj)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 18 (Uff)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 19 (Fuvest)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.

Questão 21 (Uerj)

Conteúdo acessível apenas para usuários do plano Premium.